Ex-meca de consumo dos fashionistas, Forever 21 decreta falência nos Estados Unidos

Por Redação/Anderson Antunes 14/09/2020 - 10:23 hs
Foto: Reprodução

O nome indicava que era pra durar para sempre, mas a Forever 21 agora corre o risco de sumir do mapa, inclusive porque nessa quinta-feira a fast fashion que já foi uma das mais populares do mundo decretou falência na justiça dos Estados Unidos, conforme estudava há mais de um ano.

Com cerca de US$ 500 milhões (R$ 2,64 bilhões) em dívidas, a icônica marca de varejo de moda pediu proteção judicial às autoridades americanas para ficar a salvo dos credores, mas também culpou as empresas de seguro para as quais afirma ter pago milhões de dólares pelos serviços que contratou ao longo dos anos por sua atual situação financeira caótica.

“Sempre tentamos nos proteger de momentos críticos como esse, mas por último nossos seguradores resolveram nos dar as costas”, escreveu Raymond Gindi, o CEO da Forever 21, em uma nota que enviou para a imprensa.