Cristiano Ronaldo causa prejuízo bilionário à Coca-Cola

Por Redação/Promoview 16/06/2021 - 14:45 hs
Foto: Reprodução

Cristiano Ronaldo protagonizou um momento inusitado na coletiva de imprensa da Seleção Portuguesa com o treinador, Fernando Santos. 

O jogador se incomodou com as garrafas de Coca-Cola na mesa, e as trocou por água. Ao entrar na sala de coletiva, o atleta dirigiu-se à mesa, e, ao encontrar duas garrafas do refrigerante como propaganda (o treinador Fernando Santos também tinha duas em frente à sua cadeira), as colocou para o outro lado.

Em seguida, ele mostrou a sua garrafa de água e a colocou na mesa, dizendo 'Coca-Cola' em tom reprovador, indicando a sua preferência de bebida. 

Segundo o jornal 'Marca', que analisou os dados da bolsa de Nova Iorque, o gesto do português teve repercussões negativas na marca.

O mercado abriu no meio da tarde na Europa com as ações da Coca-Cola US$56,10, mas 30 minutos depois, quando Ronaldo e Fernando Santos deixaram a sala de imprensa, caíram para US$55,22 por ação. 

Uma quebra de 1,6%, em termos econômicos, representou uma perda de 4 bilhões de dólares. Ou seja, a Coca-Cola estava avaliada em US$242 bilhões de dólares e passou a valer US$238 bi.

Confira no vídeo abaixo a atitude do jogador: